Glaucoma: você sabe o que é?

hdo_blog_glaucoma_v01_r0

 

A pressão intraocular é regulada pelo balanço entre a produção e o escoamento do líquido presente na câmara anterior do olho, entre a córnea, membrana fina e transparente que recobre o olho, e a íris, a parte colorida. Esse líquido é chamado de humor aquoso e é produzido no olho e depois escoado por um pequeno canal. A circulação desse líquido, entre a produção e o escoamento, é o que regula a pressão intraocular. Quando há acúmulo maior de liquido, a pressão aumenta.

Mas por que toda essa preocupação com a pressão intraocular? O que ocorre é que esse líquido presente no olho, caso não seja escoado de maneira apropriada, comprime as células nervosas do olho, danificando-as, podendo levar à cegueira. A pressão elevada no olho é um dos maiores fatores de risco para o glaucoma, embora a doença também possa ocorrer sem que a pressão intraocular esteja elevada, pois pode ser congênito ou secundário a alguma cirurgia, doença, uso de medicamento ou trauma, mas manter a pressão ocular regulada é muito importante.

O principal tratamento atual para o glaucoma consiste em reduzir a pressão intraocular, o que é obtido através de medicamentos como colírios ou com procedimentos cirúrgicos, de acordo com a recomendação do médico oftalmologista que acompanha cada caso.

Lentes de contato de descarte diário

sauflon_800x450_0001_new_clariti_family

São lentes de contato em blisters individuais e usados por um dia. Não necessitam de limpeza e uso de estojos.
São lentes muito confortáveis, ideais para pacientes muito alérgicos, para quem faz uso eventual ou para a prática de esportes.
Características
 Lentes de substituição diária;
 Correção da miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia;
 Material de silicone hidrogel que ajuda a ter um conforto excepcional durante o dia;
 Proteção UVA e UVB.

Vantagens das lentes de uso diário
 Você nunca precisa limpá-las, poupando tempo e evitando os rituais de manutenção;
 Ajudam no caso de alergias porque não acumulam depósitos e não são usados produtos de limpeza;
 Segurança: você está usando sempre uma lente nova e esterilizada;
 Oferece flexibilidade de uso diário ou ocasional, proporcionando a liberdade para a prática de esportes e atividades cotidianas.

Os usuários de lentes de contato precisam ter consciência que as lentes de contato são artigos médicos e não estéticos ou comerciais.
Sua pratica está ligada diretamente à saúde ocular, que deve ser feita de forma mais saudável e cuidadosa possível, sempre com acompanhamento do seu médico Oftalmologista.

Fazer pessoas felizes é a nossa principal realização

Centro.Ver

O Centro.Ver gosta de gente e preza o bom relacionamento entre as pessoas. Acredita no valor do diálogo e está realmente comprometido com o outro, seus pontos de vista e suas crenças. sabe que a sua visão de mundo cresce toda vez que acolhe as diferenças. Está sempre atento ás suas relações e aprende com elas.

Agende sua consulta sem sair de casa

Na clínica Centro.Ver é possível agendar sua avaliação sem sair de casa

Evolução Oftalmológica através das descobertas sobre a catarata

sem-titulo-1

Conheça um pouco da história da catarata e da evolução Oftalmológica

  Catarata é uma doença ocular causada pela opacificação do cristalino, uma das maiores causas de cegueira, atinge com maior frequência, adultos acima de 41 anos de idade.

Linha do Tempo da oftalmologia através das descobertas sobre catarata

Linha do Tempo da oftalmologia através das descobertas sobre catarata

Machuquei o olho, e agora?

Fique atento aos traumas oculares. Machuquei o olho, e agora?

Traumas Oculares: O que fazer?

O trauma ocular é causado por acidentes oculares como pancadas, perfurações e queimaduras. Sendo o olho uma estrutura bastante delicada, estes ferimentos podem comprometer a visão, caso não ocorra assistência médica com rapidez.

Pancadas ou batidas fortes podem ocasionar o temido descolamento da retina, cujo tratamento é feito através de cirurgia e, se não tratado, pode levar a cegueira.

Queimadura por produtos químicos também são perigosos, neste caso é importante lavar o olho com água abundante e procurar assistência médica.

Os traumas com materiais pontiagudos também necessitam urgência no atendimento, procurando um pronto socorro o mais rápido possível. Nas lesões por corpo estranho é necessário removê-lo no consultório e em casos mais graves, a cirurgia se faz necessária.

Acidentes de carro também são responsáveis por traumas oculares, muitas vezes graves.

Os traumas oculares são responsáveis por mais de 500 mil casos anuais de cegueira no Brasil.

A utilização de equipamentos de segurança evita acidentes.

Crianças devem ser mantidas distantes de materiais pontiagudos e de produtos químicos.

Enxaqueca Ocular

A enxaqueca ocular ou oftálmica é um conjunto de alterações visuais binoculares ou monoculares, conhecidas como aura, seguido usualmente de forte dor de cabeça, enjoos, mal-estar e sensibilidade a luz e ao som.

Cerca de 3% à 5% das pessoas apresentam alterações visuais que começa com pontos cintilantes ou em formato de zigue-zague em apenas um dos olhos que se espalha gradualmente, gerando pontos cegos que se amplia e bloqueia temporariamente a visão por cerca de 20 à 30 minutos.

Pode ocorrer também sintomas como interferência na fala, formigamento ou dormência nas mãos e pernas, pálpebra caída (ptose). Uma questão importante é que a enxaqueca oftálmica atinge apenas um olho e seus sintomas são transitórios e de regressão completa após 4 ou 72 horas. No entanto, se a pessoas tiver problema em ambos os olhos, isso demonstra para o oftalmologista que não se trata de enxaqueca ocular e sim de outros problemas ou doenças que podem ser até mais graves.

A dor da enxaqueca oftálmica pode ser latejante ou em peso e sua intensidade varia de muito leve para muito forte, e embora pareça grave é geralmente inofensiva.

CAUSAS

Apesar de ser comum, as causas da enxaqueca ainda é um mistério.

-Mutações genéticas no cérebro que causam anormalidades neurológicas que levam a enxaqueca.

-Distúrbio no Sistema Nervoso Central. Certos estímulos provocam uma cadeia de eventos bioquímicos e neurológicos sendo que alguns afetam o sistema nervoso central, culminando em enxaqueca.

-Depressão Alastrante Cortical. Evento complexo que afeta impulsos elétricos do cérebro temporariamente as funções neurais e vasculares.

-Distúrbios Químicos. Deficiência de Magnésio, serotonina e de cálcio.

-Desequilíbrios hormonais. Oscilações de estrogênio e progesterona, podem aumentar o risco de enxaqueca principalmente em mulheres.

GATÍLHOS

-Estresse 

-jejum prolongado

-dormir demais ou de menos

-Mudanças brutas de temperatura e umidade

-Perfumes e odores fortes

-Esforço físico 

-Determinados Alimentos e bebidas

-Menstruação

TRATAMENTO

Medicamentos como neuromoduladores, betabloqueadores, antidepressivos, antivertiginosos e cuidado com a alimentação e com o bem estar físico e mental.

SAÚDE OCULAR EM DIA

Saúde Ocular

Assim como o corpo, nossos olhos também envelhecem e para cuidar deste pequeno órgão que é responsável por um importante sentido do corpo humano, deve-se fazer um exame de rotina com um oftalmologista para assim prevenir, diagnosticar e tratar possíveis doenças oculares.

Fique de Olho! 

-Existem mais de 3.800 doenças oculares;

-Segundo uma pesquisa de Ibope encomendada pela Sociedade Brasileira de Glaucoma, um terço dos brasileiros acima de 16 anos nunca foi a um Oftalmologista.

-Com uma consulta de rotina é possível identificar mais do que doenças oculares. Com um exame do fundo do olho, o oftalmologista consegue identificar doenças infecciosas, sanguíneas, crônicas e neurológicas através de artérias, nervos e veias.

Não use óculos de sol falsificados. A maioria não possui a proteção adequada contra os raios de sol UV expondo seus olhos às radiações do sol, isso acaba acelerando o aparecimento de catarata e Degeneração da mácula (Clique aqui para saber mais sobre a DMRI)

-A avaliação médica oftalmológica periódica é de grande importância, pois muitas vezes o paciente não apresenta sintomas e quando aparecem, estas doenças já podem estar avançadas. Consulte um oftalmologista regularmente. 

Diferença entre Oftalmologista e Óptico

Oftalmologista

Você sabia que o óptico não prescreve receitas médicas? Esta é uma das muitas diferenças entre o Oftalmologista, médico da Saúde Ocular e o Óptico, profissional especializado em óptica.

O Oftalmologista é o médico especialista que conhece toda a estrutura ocular, assim como seu funcionamento e predisposições, estando habilitado a diagnosticar e tratar doenças da visão e anexos, realizar cirurgias e identificar erros de refração.

O Óptico é quem interpreta a receita da refração óptica diagnosticada pelo Oftalmologista. Podendo atuar em laboratórios de produtos oftálmicos e áreas técnicas, tem como função produzir lentes, montar, consertar e cuidar da manutenção dos óculos, indicar o melhor tipo de lente e armação de acordo com a necessidade apresentada.

O especialista ótico não pode prescrever recitas médicas e/ou ter um consultório para atender pacientes.

Congresso de Oftalmologia USP 2017

Entre os dias 30 de Novembro e 02 de Dezembro, o Dr. Edson Fanchin está participando do 20º Congresso de Oftalmologia e do 19º Congresso de Auxiliares em Oftalmologia da USP 2017, que ocorre em São Paulo no Centro de Convenções Rebouças – CCR. O evento conta com grandes nomes nacionais e internacionais da oftalmologia e tem como objetivo, apresentar inovações e atualizações do conhecimento através de um espaço científico com palestras, cursos e simpósios.

Se quiser saber mais, você pode acessar o site oficial do evento: http://cousp.com.br/

DMRI – Degeneração Macular Relacionada à idade

dmri

DMRI é uma doença degenerativa da mácula, que é a parte mais nobre da retina pois está relacionada a visão central e é responsável pela visão de cores, formas e objetos. Tem como característica, a formação de depósitos sub-retinianos, pequenos pontos amarelos a baixo da retina, chamados de drusas, que representam um risco potencial para perda de visão.

SINTOMAS:

Iniciais: Visão distorcida, linhas tortuosas e perda do alinhamento da visão.

Avançado: Perda da visão central.

CAUSAS:

-Fatores hereditários;

-Tabagismo;

-Doenças Metabólicas;

-Exposição à luz solar sem proteção adequada.

DIAGNÓSTICO:

O diagnóstico inicial pode ser feito em uma consulta oftalmológica de rotina, onde serão realizados exames complementares para confirmação da doença.

PREVENÇÃO:

-Dieta rica em vegetais de folhas verdes, frutas amarelas e uma dieta pobre em gorduras.

-Evitar o Tabagismo.

-Administração de Vitaminas e Antioxidantes receitados por um profissional oftalmologista.

-Uso de óculos escuros ou claros com proteção UVA e UVB.