ALERGIA OCULAR

sindrome-do-olho-vermelho-quais-sao-as-causas-e-tratamentos

ALERGIA OCULAR

Ao abrir os olhos, a conjuntiva, membrana mucosa que recobre a superfície do olho, fica exposta diretamente ao ambiente, onde ao entrar em contato com alérgenos, substâncias que causam uma reação exagerada do sistema imunológico, podem causar alergia. Os agentes mais comuns na área dos olhos são ácaros, pelos de animais, mofo e pólen, sendo que a alergia ocular ocorre principalmente em pessoas que já sofrem com algum tipo de alergia, como rinite, sinusite, asma, dermatite e entre outras, mas também podem ocorrer isoladamente.

Os sintomas da Alergia Ocular são similares aos de diversas conjuntivites, visto que a coceira é o sintoma mais frequente e geralmente é acompanhado de vermelhidão, inchaço, sensibilidade à luz (fotofobia), desconforto ocular, lacrimejamento e uma discreta secreção aquosa.

O tratamento pode ser feito através de medicações oculares, que podem prevenir ou aliviar os sintomas, essas medicações devem ser receitadas por um oftalmologista.

Dicas para prevenir alergia ocular:

-Evitar carpetes, tapetes e papéis de parede, assim como cortinas que não sejam de tecido sintético;

-Manter os ambientes arejados com grande exposição ao sol;

-Procurar evitar o acumulo de pó em móveis, colchões, roupas de cama e  objetos;

-Tirar o pó com pano úmido para evitar que o mesmo se espalhe;

-Lavar roupas guardadas a muito tempo;