LÁGRIMA NA TERCEIRA IDADE

olhos-do-idoso

A produção de lágrima diminui na Terceira idade. Você sabia?
Aos 65 anos uma pessoa produz 60% menos lágrimas do que aos 18. Dados da Associação Brasileira de Portadores de olho Seco – APOS
A lágrima tem a função de lubrificar e nutrir a superfície ocular, colaborando na captação de oxigênio do ar para a córnea, além de ter papel importante na regeneração de lesões nos olhos e proteger da ação de bactérias e partículas de poeira. A falta dela pode causar uma doença crônica chamada síndrome do olho seco, que ocorre quando há diminuição ou má qualidade na composição da lágrima. Os sintomas do olho seco são: ardor, irritação, sensação de areia nos olhos, dificuldade para ficar em lugares com ar condicionado ou em frente do computador e olhos embaçados ao final do dia.
A exposição em excesso a TV, computador, poluição, medicamentos ( anti-histamínicos, anti-hipertensivos e antidepressivos), uso incorreto de lentes de contato, trauma ( queimaduras térmica e química), doenças reumatológicas e outras doenças do sistema imunológico.
“Noventa por cento dos casos da síndrome do olho seco podem ser tratados com uso de colírios de lágrima artificial e outros tratamentos clínicos.Porém, em casos mais graves em que não há produção de lágrima, uma das soluções é o transplante da glândula salivar.”